Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Prestação de Serviços’ Category

 

Por Julyana Rossato

 

A exposição Prá Cachorro será realizada até o dia 03 de julho de 2010, na Matilha Cultural, com diversas atrações relacionadas aos cães, desde palestras sobre o comportamento canino até desfiles de cães para adoção.

Durante o evento, os representantes da marca Pedigree realizam uma campanha contra o abandono dos animais de estimação, visando conscientizar a população. Inclusive, as parcerias anteriores já possibilitaram a adoção de 11.276 cães abandonados.

A exposição contém uma galeria chamada Nosso Amigo Vira-lata, mas os donos dos pets também podem optar por sessões de cinema.

A grande novidade é o estúdio fotográfico para cães, já que os donos podem tirar fotos com os bichinhos, com uma produção personalizada.

O evento especial para os cães é gratuito, sendo realizado das 12 horas às 20 horas, de terça-feira até sábado, no centro da cidade.

Para mais informações, acesse o link do nosso blog ou ligue: (11) 3256-2636.

 (Imagens de Matilha Cultural)

Anúncios

Read Full Post »

Por Renata D´Angelo

Cão solto no carro: considerada infração média, penalizada com multa e pontuação na carteira

Se você pretende viajar com o seu mascote nas férias, muita atenção a essa dica: transportar animais de estimação soltos no carro pode acarretar em multa. De acordo com Código Nacional de Trânsito, é proibido carregar cães, gatos ou qualquer outro bicho, no colo ou do lado direito do motorista. A desobediência é considerada infração média e pode resultar em multa, além de quatro pontos na carteira de habilitação.

Para que não haja surpresas desagradáveis durante a viagem, leve em consideração as normas de direção defensiva. Se houver um animal solto dentro do veículo, a atenção do motorista em relação ao trânsito vai ficar naturalmente comprometida, havendo riscos de acidente. Além disso, os bichos também podem se ferir em caso de freada brusca ou colisão. Em casos mais graves, podem ser arremessados contra o vidro ou simplesmente cair do banco, sofrendo fraturas de patas.

Transporte seguro:

Transporte seguro, além de confortável, evita que o animal se machuque em caso de freada brusca ou colisão

Caixa de viagem:

devem ser fixadas no veículo (presas ao cinto de segurança) ou colocadas no chão, atrás do banco do motorista ou do passageiro da frente. Esse tipo de transporte, além confortável, garante a segurança do animal.

Grade para carros: Você pode adquirir grades de segurança especiais que restringem os cães à traseira de uma caminhonete ou de uma perua. Isso evita que cães ou gatos sejam projetados para a frente se você tiver que frear de repente e, ajuda a manter o estofado do carro limpo.

Cintos de segurança: Você também pode utilizar cintos de segurança para cães. Isso irá reduzir o risco de seu cachorro sair ferido em um acidente de carro. O uso do cinto possui a vantagem de evitar que o animal distraia o motorista, pois, ficará preso ao banco traseiro. Mas atenção: Só utilize o cinto de segurança com coleira peitoral. Colares e coleiras comuns podem causar ferimentos ao cão no caso de freada brusca.

Lembre-se:

• A cada a duas ou três horas dê água para o seu animal e deixe-o sair para andar um pouco e fazer as necessidades;

• Se parar o carro por algum tempo jamais deixe seu companheiro dentro do veículo quando estiver sol ou muito calor.

Saiba mais

Read Full Post »

Por Maria Alves

Galos com lesões são apreendidos na Paraiba

Policiais civis desarticularam nesta quarta-feira (9) um esquema de rinhas de galo na cidade de Sumé, no Cariri paraibano. 

Oitenta galos de briga, com marcas de lesões recentes, foram apreendidos, além de três ringues, medicamentos, seringas e 16 esporões. Os animais e o material estavam distribuídos em quatro imóveis: um bar, localizado no bairro do Alto Alegre, duas residências no bairro de Várzea Redonda e no Sítio Lagoa do Cruz, zona rural do município.

O comerciante Antônio Alves de Lima, 51 anos, proprietário do bar, foi preso em flagrante. Com ele foram encontrados um revólver calibre 38, uma espingarda, 60 munições intactas, 56 espoletas, três quilos de chumbo, meio quilo de pólvora, um punhal, cinco facões, oito facas-peixeira, três canivetes e uma roupa camuflada.

De acordo com o delegado Jerônimo Barreto, titular da delegacia municipal, a ação policial é resultado de investigações desenvolvidas pelos comissários de polícia Francistone Thomaz e Eliel Tiburtino, das cidades do Congo e Amparo, respectivamente.

“Com a informação de que o bar era utilizado para as rinhas e a última teria acontecido no domingo (6), no sítio Lagoa do Cruz, com a participação de aproximadamente 40 pessoas, realizamos as apreensões e a prisão”, informou um dos comissários.

Antonio Alves de Lima foi autuado em flagrante por posse de arma e maus-tratos. “Outras três pessoas envolvidas e já identificadas serão processadas em liberdade pelo crime de maus-tratos, com base na lei de crimes ambientais”, esclareceu o delegado, acrescentando que a Polícia irá investigar os apostadores. “Se o incentivo à prática de maus-tratos for confirmado, eles também serão processados”, frisou Jerônimo Barreto. Os animais apreendidos serão encaminhados ao Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

(Texto do PB Agora)

Read Full Post »

Cinco toneladas de ração por mês. É o que consomem os cerca de mil animais abandonados mantidos pela Organização Não-Governamental AILA (Aliança Internacional do Animal). Localizada na Paraisópolis, segunda maior favela de São Paulo, a entidade acolhe cães e gatos – muitas vezes em situação delicada – encontrados em pleno abandono nas ruas da capital. 

A AILA também fornece assistência médica, abrigo, comida e um lar fixo, por meio da conquista de futuros donos, pessoas que desejam adotar um animal de estimação. Para tanto trabalho, a ONG mantém uma equipe de veterinários e “protetores”, além de um sítio para onde são encaminhados os animais já cuidados. A AILA não recebe verba de instituições e todas as despesas são supridas pelas consultas veterinárias realizadas pelos profissionais da ONG, que cobram preços populares. 

Colabore você também

Há 10 anos a entidade tem lutado pela internacionalização dos direitos dos animais e, freqüentemente, conta com a colaboração de voluntários, que contribuem com jornais, produtos de limpeza, remédios, tecidos ou aquelas roupinhas que não servem mais no seu macote.  A instituição também mantem cerca de 300 gatos e necessita urgente de doações de sacos de areia sanitária.  Para participar, basta entrar em contato com a AILA pelo telefone (11) 3507.1418 ou diretamente na sede da instituição que fica na Rua Pasquale Gallupi, 900 – Paraisópolis – São Paulo – SP.

 Fontes: Juventude Fugitiva e AILA

Read Full Post »

Por Do Carmo 

Os australianos Gilly Richardson e John Hugues adotaram como animal de estimação a fêmea de canguru Zoe, que mora com eles. Como o bicho já é uma figura da família – que conta ainda com duas garotinhas, Brooke e Holly -, os dois a chamaram para ser a dama de honra na cerimônia oficial de casamento em Deans Marsh, no Estado de Victoria, sul da Austrália. 

Zoe, de dois anos, ficou muito emocionada com o convite e pulou de alegria com a lembrança. Também saltou bastante na festa de troca de alianças, que ocorreu na fazenda da família. Isso irritou parte dos 80 convidados, além dos padrinhos. Ninguém sabia como acompanhar a cerimônia com tanta agitação no altar.

O casal amou a festinha feita pelo canguru e deu algumas risadas para quebrar o clima. Hugues e Gilly adotaram Zoe em fevereiro de 2009. Ela é uma dos sobreviventes de um incêndio na região que aconteceu naquela época. A tragédia resultou na morte de 173 pessoas e centenas de animais. Gilly contou ao jornal Daily Mail:

– Zoe é como uma terceira filha para nós. Mora dentro de casa mesmo e é muito amada.

(Texto do R7)

Read Full Post »

De procedência duvidosa, a maioria dos brinquedos não possui advertência nas embalagens.

Por Renata D´Angelo

Você sabia que alguns brinquedos destinados aos animais podem oferecer risco à saúde deles? Se a resposta foi negativa é bom ficar atento. Afinal, uma das principais causas de morte entre cães e gatos está relacionada, justamente, aos objetos deixados a disposição dos bichinhos. A má notícia, no entanto, é que muitos desses divertimentos são vendidos em pet shop e, ao contrário do que ocorre na indústria de brinquedos infantis, os atrativos para pets são de procedência duvidosa e, muitas vezes, não possuem advertências em suas embalagens.

brinquedos de plástico, quando partidos, transformam-se em objetos cortantes e podem colocar em risco a vida do animal

Por isso são comuns os casos de animais sufocados com pedaços de bola ou corda. A ingestão de brinquedos de plásticos também é outro perigo, afinal, ao serem partidos transformam-se em objetos cortantes e podem colocar em risco a vida do animal.

Há uma semana, a estudante universitária Cirlei Pereira decidiu comprar para a sua cachorra um mordedor de corda com bolas de plástico, mas bastaram alguns segundos para que a diversão se transformasse em um grande susto “Quando percebi, a cadelinha havia engolido metade do objeto e não parava de tossir. Tive que levá-la ao veterinário e, após uma série de exames, foi diagnosticada uma irritação na garganta causada pelo plástico do brinquedo. Por pouco não perfurou os órgãos”, conta.

 Mas além dessa questão há também outros fatores que podem colocar em risco a vida do seu mascote. Para prevenir possíveis acidentes domésticos, separamos abaixo algumas dicas:

Cuidado com plantas: Outra ingestão que pode causar problemas é a de plantas venenosas, por isso retire os vasos de flores e plantas que não podem ser ingeridas como, por exemplo, jibóia e comigo-ninguém-pode, consideradas tóxicas. Fique atento também com venenos para insetos e ratos bem como produtos agrícolas no seu quintal. Certifique que seu cachorro não vai ter acesso a eles quando colocado no ambiente.

Fios elétricos: são atrativos para os cães, principalmente quando estão trocando os dentes. Verifique se não há nenhum quebrado ou lascado para não causar choques. Lembre-se também da parte de trás da geladeira, cachorros pequenos podem ficar escondidinhos lá roendo um fio e ainda por cima ficar entalado.

Piscinas e vasos sanitários: (para animais pequenos) também podem ser perigosos. Eles podem cair dentro e não conseguirem sair. Feche a tampa do vaso toda vez que utilizá-lo.

Janelas e varandas altas: Coloque rede de proteção ou deixe fechada quando você não está junto ao seu cão. Muitas fraturas acontecem quando pulam de janelas altas.

 

Read Full Post »

 

Por Do Carmo

Os donos que não conseguem desgrudar dos animais de estimação nem mesmo na hora de viajar ganharam uma ferramenta que promete facilitar a liberação dos bichinhos nos passeios. Quando entrar em vigor, o Passaporte para Trânsito de Cães e Gatos será emitido gratuitamente pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e reunirá em um só documento todas as informações necessárias para que os animais possam transitar com segurança.

: O passaporte é opcional e vale para viagens internacionais e nacionais, mas apenas animais que tiverem o microchip de identificação poderão receber o documento.

:: O decreto nº 7.140, que institui o uso do passaporte, entrou em vigor em 30 de março, mas ainda aguarda regulamentação. O objetivo é que os donos economizem tempo e dinheiro, considerando que o documento só será emitido uma vez e valerá por toda a vida do animal.

:: Informações essenciais, como o teste de titulação dos anticorpos da raiva, a carteira de vacinação e o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) – que antes eram adquiridos em papéis diferentes – ficarão somente no documento.

:: O passaporte será individual e intransferível e deverá conter informações como nome e endereço do dono, registro do bichinho no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) e exames exigidos pelos países de destino.

:: O ministério vai divulgar em sua página na internet (www.agricultura.gov.br) a lista de países que aderiram ao modelo brasileiro de passaporte – o trânsito entre esses destinos também será livre de burocracia.

:: O decreto que institui o documento prevê ainda que o animal receberá, obrigatoriamente, uma identificação eletrônica: um microchip do tamanho de um grão de arroz, a ser implantado no corpo. Apenas clínicas veterinárias cadastradas podem realizar o implante, que custa entre R$ 70 e R$ 100, e vale por toda a vida do animal.

:: O veterinário Paulo Henrique Cândido alerta que alguns cuidados não devem ser dispensados pelos donos que levarem os bichinhos em viagens: o animal deve estar com as vacinas em dia e deve estar em jejum para não ter problemas.

:: De acordo com a coordenadora substituta do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), Rogeria Oliveira, caso o dono opte por não ter o passaporte, o procedimento será o mesmo de antes: requisitar a emissão do CZI, que será cobrado sempre que se sair do país, e do Atestado Sanitário para Cães e Gatos, toda vez que se ingressar no Brasil.

:: Embora a lei tenha entrado em vigor, o passaporte ainda não está disponível. Enquanto isso, os animais que viajarem para o Exterior deverão estar acompanhados do CZI para serem aceitos nos países de destino.

Read Full Post »

Older Posts »